domingo, 11 de dezembro de 2011

Entrevista+Rio=Visto Aprovado

Eu viajei para o Rio uns três dias antes da minha entrevista, no dia 05 de dez, para fazer minha consulta com o Dr. Joaquim Duarte, que estava marcada para o dia 06 de dez. Eu e meu pai, minha madrasta e minha irmã chegamos ao Rio cedo, deixamos as coisas no Hotel e começamos a andar pelo centro, já que me hospedei no Hotel Marajó, que fica no centro, próximo a tudo. Claro que nessa caminhada foi muito estressante pois nos perdemos e andamos muito, mas pelo menos encontrei o consulado e a rua onde ficava o consultório, no dia seguinte foi só andar até lá.
No dia seguinte ao meio dia, penso que verei o médico, mas não, eu fui apenas tirar o sangue para fazer o teste de VDRL que detecta doenças sexualmente transmissíveis, paguei 100 reais por esse teste, tudo isso porque se eu fosse fazer no outro laboratório eu teria que esperar 3 dias e lá não, eu teria o resultado 14h, ou seja, gastei uma nota com a consulta, R$320,00, fora o que eu gastei na minha cidade com os exames ginecológicos e a chapa de pulmão, mas tudo bem, isso evita o stress, senti que era uma pré-entrevista, pois ele conversa com você descontraidamente e fica sabendo um pouco da sua vida, essa foi minha impressão, não sei se estou sendo neurótica, mas ele é um bom médico, te examina mesmo, não apenas olha para a tua cara. As perguntas foram gerais, se eu tinha alguma doença grave, se já tinha sido internada ou feito cirurgia, se eu tive pneumonia, tuberculose, coisas de rotina, mas que não são pois os médicos normais não te examinam mais assim ahahah. Ele pergunta tudo isso e preenche um prontuário que estava me deixando louca para ler, mas não dava, dos papeis que ele preenche o único que recebemos uma cópia é da carteirinha de vacinação traduzida, que a gente tem que tirar mais e mais cópias, pois eles pedem nos EUA, o resto da papelada ele coloca dentro do envelope lacrado que devemos levar para a entrevista, só Jésus sabe o que tem dentro...
O dia seguinte foi livre e eu fui visitar o Shopping da Barra e levar a família para andar de metrô o shopping é enorme, fui lá para comprar uma roupa para a entrevista, pois no médico conheci uma menina que me disse que a advogada dela disse que você tem que ir alinhada, e talz, quando cheguei ao hotel vinda do exame, percebi que a blusa que eu tinha escolhido tava manchada!!!! affzz, fui ao shopping ao invés de ir à praia, e mal sabia eu que aquele era meu último dia de sol... enfim, comprei um blaser e uma blusa social, na renner, foi salgado, R$ 180,00 fora outro casaquinho de frio que eu também tava procurando para poder levar para os EUA, pois agora lá tá frio, comprada as coisas, voltamos ao hotel, o shopping da Barra é longe do centro, levamos o dia todo só para ir lá e voltar, também saímos tarde, chegamos lá na hora do almoço e sabe como é mulher né... voltamos às 4h e alguma coisa e chegamos no hotel lá pelas 6 quase sete, organizei os papeis para a entrevista pela milésima vez e dormi.
Eu acordei às 5:30h da manhã, banhei, me maquiei, tomei café e cheguei lá 6:45, fui a pé mesmo, e acreditem, eu fui a última a ser atendida em tudo, chegando na porta o guarda tem o seu nome num papel, e deixa você passar na frente de todo mundo que tá aplicando o visto de turista, lá dentro outro guarda me encaminhou para o segundo andar, onde havia uma moça numa mesa conferindo papeis, e cadeiras, quando ela terminou de atender uma senhora que tava lá, ela me chamou e me deu uma senha, me deu um papel para preencher, e uma folha informando a ordem que os documentos deveriam ser apresentados, para que eu organizasse os que a NVC tinha me pedido para levar. Depois disso a mesma moça verifica tudo novamente, e me informa meu lugar na fila, tipo, depois de quem eu serei chamada.
No dia da entrevista, não havia noivas, acho que apenas esposas e pais de filhas que tinha casado com americanos e tinham requerido o green card para os pais, algumas pessoas de visto de trabalho e só, e algumas pessoas registrando os filhos americanos, pessoas que já tinham o green card. Só conversei com um casal de mineiros, que estavam indo pros EUA pois as filhas deles estavam todas lá. A minha espera foi longa, eu fui a última a ser chamada em tudo. Depois de esperar longas horas fui para a pré-entrevista, onde outra mulher me atendeu, conferiu a ordem dos docs, fez algumas perguntas, abriu os exames, nessa hora eu vi os papeis que tinha mandado pro NVC com o carimbo de APROVED, mas ela foi gentil comigo, conversamos sobre meu marido e eu, ela pareceu interessada com as minhas respostas, ela perguntou como eu tinha conhecido meu marido e qual foi a sensação de vê-lo pela primeira vez, eu respondi que foi pela internet e que foi estranho, pois ele parecia um robô pelo jeito que se movia, ahahaha...Nessa hora minhas digitais também foram colhidas. Desci ao térreo e paguei a taxa do Sedex, e lá quem trabalhava era um maranhense, muito engraçado ele =).
Depois dessa pré-entrevista eu volto novamente a esperar, esperar o painel luminoso chamar minha senha, para entrar na porta 3, onde serei entrevistada pela consulesa, depois de passar horas de frio (ainda bem que estava com o blaser, senão tinha passado mais frio) e ver todo mundo ir embora, chega a minha vez e a consulesa é loira dos olhos azuis, mais azuis do que o da minha avó, ela pede para eu fazer o juramento, pergunta como eu e meu marido nos conhecemos, se eu falo inglês (mesmo assim a entrevista foi em português), quantas vezes ele veio ao Brasil, se eu já tinha ido ao States, em que eu pretendia trabalhar, em que ano nós começamos nosso relacionamento, então ela parou e disse que ia aprovar meu visto e desejou parabéns :-).
Saí de lá saltitante e feliz, ao contrário de quando me dirigia para a entrevista, que era quase desmaiando de ansiedade, eu esperei tanto lá que o meu nervoso passou, eu aconselho a ir cedo, tipo estar lá na porta às 6h da manhã, mas se não der, leve um livro e tome um café bem reforçado, eu não tive nenhuma pendência, saí de lá uma hora da tarde, morrendo de fome. Outra constatação que eu tive foi, que depois de todo mundo ser atendido e eu estava lá só, apareceram pessoas que pegaram passaporte lá e saíram direto com visto, não entendi esse esquema, talvez visto de emergência? Mas eles pareciam felizes, enfim, é melhor eu tomar conta da minha vida...
Importante ressaltar, é que quando você paga o sedex, o pessoal do correio te dá um papel azul para ligar, para pegar o número do rastreamento, juntamente com um site e um e-mail de contato, eu mandei um e-mail sexta para eles, mas eles não me responderam, queria saber se meu visto já tinha sido enviado, mas amanhã vou ligar, já que agora começa outra novela, receber esse visto.
Estas são as informações no cartãozinho: www.correiospresidentewilson.com.br e fax (021) 2240-1382.
Claro que nem tudo é perfeito, não fiz muito turismo no Rio, já que estava resolvendo a papelada do visto, e quando fiquei livre os outros dias foram nublados e sem sol para ir à praia, mas pelo menos visitei o Cristo e andei pelas ruas do centro, onde existem roupas mais em conta, pena que eu estava com pessoas que não tinham o mesmo ritmo que eu. Mas o Rio é tudo de bom, atendimento 10 e comida muito boa em todos os restaurantes, exceto as pessoas mais idosas e de Portugal que são muito lentas e brutas e não aceitam cartão, mas isso também é um charme a parte. Quem for ficar no mesmo hotel que eu, aconselho que fique sempre confirmando a reserva, pois eles não são organizados e nunca se prenda ao hotel, caminhe e veja a cidade, não vi tudo o que tinha que vê, por isso pretendo voltar lá, assim que der.


3 comentários:

  1. Ah que bom que voce conseguiu pelo menos ir no cristo. O problema do barrashopping nao e que ele e longe do centro, e o transito, pra la so pega engarrafamento, mas eu amo aquele shopping. Mesmo nao podendo andar muito, afinal voce foi resolver o lance do visto ne, ate que voce conseguiu aproveitar bem a cidade. E essa moca que te entrevistou foi a mesma que me entrevistou tambem, ela e bem gentil, pelo menos nao tive do que reclamar deles. Ai to tao feliz que seu visto foi aprovado e que a primeira parte da novela acabou =). Agora sao as despedidas e partir para os states, para os bracos do marido e ser feliz!!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Poetry parabens pelo visto Aprovado , que bom que ja passou por tudo que ainda estou passando ainda esperando o NOA2, bom ja fazem 4 meses , e essa espera e muito , muito estressante ! Desejo que seja muito feliz com o seu amor . Boa sorte em sua vida em tudo que voce fizer !!
    Parabens !

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Monique eu amei o Rio e claro estou muito feliz por ter sido aprovada =) e com certeza seremos muito felizes.

    Brunna a espera é realmente estressante, mas quando chega o nosso dia tudo passa muito rápido, o NOA2 nós recebemos o nosso só em setembro, o que foi uns 4 meses, então você deve receber o seu logo logo =).

    ResponderExcluir