segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Tipos de Visto e qual tipo escolher.

Finalmente encontrei um tempo, para fazer este post, que vem remoendo tanto na minha cabeça!
Hoje resolvi falar porque me casei, para só depois dar entrada num processo de visto imigrante pros EUA. Você pessoa que tem um relacionamento sério com um americano, pode recorrer há alguns tipos de visto:
- Ao visto de turista, que é só para visita, pois não vá querer dá uma de esperto (a) e ficar logo por lá, já que é muito arriscado, isso se você conseguir provar que vai voltar, que tem vínculos suficientes com o Brasil, e consequentemente, muito dinheiro... Aviso logo, que este visto é muito difícil de conseguir, já que há a probabilidade muito grande de você ficar ilegal por lá, no pensamento dos oficiais consulares, o que eles não querem, por isso negam o visto para quem está nessa situação. Já vi muita gente na internet, aconselhando a mentir na entrevista para conseguir esse tal visto, o que não aconeselho a ninguém, já que as pessoas que lidam com imigração detestam mentirosos...
- Os vistos K1 e K3, que são vistos de noiva e esposa, respectivamente, o K1 (noiva) permite que você vá aos estados unidos por três meses e se case lá, depois você muda o seu estatos, Adjust of Status e dá continuidade ao processo de imigração, mas é concedido para quem tem no mínimo de dois anos de relacionamento, e já tenham se visto, pelo menos uma vez pessoalmente; já o visto K3 é para quem já é casado e deseja emigrar rapidamente para os EUA, mas já tem que ter pelo menos dois anos de casados, se não me engano e continuar o processo por lá, sem poder trabalhar, pois não terá o green card.
- Os vistos CR-1 e IR-1, que são os vistos para esposas, que finalizam o processo recebendo o green card logo após entrar nos EUA, 30 dias após, o primeiro garante o green card temporário, válido por dois anos, para casais casados há menos de dois anos e o segundo, garante o green card permanente válido por 10 anos, para casais com dois anos ou mais de casamento, o que dá direito a um cartão com o número social, que equivale a uma identidade e o direito de trabalhar.
Pois bem, eu conheci meu marido pela internet, depois de uns dois meses conversando diariamente, ele decidiu me pedir em namoro, no dia 03 de janeiro de 2010, logo após eu ter tentado, em vão, desfazer a nossa amizade e tentar matar o sentimento que nascia em mim, já que não podia desperdiçar minha vida em mais um amor platônico, porém ele não aceitou a minha decisão, disse que me amava e que não iria desistir, foi então que deixamos de ser amigos, para então sermos namorados.
Logo, surgiram os planos de nos conhecermos, começamos a pesquisar, na época eu não tinha emprego algum, apenas estudava e estava terminando de me formar na minha primeira graduação em Letras, mas ainda continuava e continuo cursando Arquitetura, então sem nenhuma renda, e como sabemos os vistos de turista são tirados em outra cidade, pelo menos para mim que moro em São Luis-MA, ou seja, meio do nada do Brasil. Assim, não tinha como economizar, ou juntar, nada, já que sem emprego não dá. Então ele teria que vir, o que foi bem mais fácil e não recusaram o visto dele, eu não tinha e não tenho dinheiro, para viajar pra outra cidade e ter meu visto recusado. Assim ele se sacrificou bastante para conseguir juntar dinheiro suficiente nesses sete meses de conversa vai e conversa vem.
Assim ele veio em Julho de 2010 e pediu a minha mão, ele pensou que poderíamos dar entrada no visto de noiva, porém ele é caro e não tínhamos tempo de relacionamento suficiente para isso, e mesmo se aprovado eu não poderia deixar o país e muito menos terminar minha segunda graduação, além de ficar lá e não poder trabalhar... mas com certeza ia ser recusado, já que muitas pessoas no Rio, envolvidas com prostituição internacional, estavam usando este visto para levar mulheres para os EUA e eu de certa forma, me encaixava no perfil, então não dava.
Então o jeito é sair daqui casada, ainda mais depois do meu marido ter investigado com um amigo dele, que é casado com uma conlombiana, que ele teve que casar e só então ela pôde entrar no pais com ele. Depois disso nos desesperamos, começamos a correr com a papelada para o casamento.
Mesmo assim, sabíamos que o visto K3 também não serviria, pois não teria o green card, teria que esperar meu processo finalizar lá, não teria como trabalhar, nem voltar para o meu país para terminar meus estudos, além de não possuir o tal dos "dois anos de casada".
O jeito foi recorrer ao CR-1/IR-1, que faz com que todo processo corra comigo aqui no Brasil e assim que me mudar possa receber o meu green card provisório, já que estou há menos de dois anos de casada com ele, assim tenho tempo para terminar minha segunda graduação, e não terei mais nada que me prenda ao Brasil, ainda poderei ir e voltar, já que esse visto me permite que eu faça isso, desde que eu respeite os prasos.
Nós enviamos nossa petição I-130 no dia 4 de maio de 2011, tivemos o resultado de que ela foi aprovada no dia 27 de julho, agora estou a espera da bendita data da entrevista e do pacote com a documentação necessária para enviar para o consulado. Agora que parei para contar, até que estamos dentro do prazo de processamento de 5 meses que o site da USCIS estabelece para este tipo de visto. Mas mesmo assim parece uma eternidade.
Com muita sorte conseguirei embarcar em Dezembro, já que depois da entrevista aprovada, você recebe o visto em casa, (só não esquecer de pagar a postagem né?) depois de uma semana =), assim espero.
Me desejem sorte =)

23 comentários:

  1. Poetry, tudo bem? Obrigado pelo comentário lá no blog. Olha você não precisa ter necessariamente 2 anos de relacionamento pra dar entrada no k1/k3, vocês só precisavam ter ser visto pelo menos uma vez nos últimos 2 anos, ou seja, durante o namoro. Tanto o k1 quanto o k3 não tem como correr da imigração, é demorado, mas assim que você entra, da entrada no ajustamento do status, que em semanas ou poucos meses você já recebe o green card temporário, não sei como funciona, mas se você entrar pelo aeroporto JFK já tem como solicitar na hora que você estiver entregando os documentos o work permit, o que te dá o direito de trabalhar assim que receber a carteirinha, o que chega na sua casa rapidinho. Bem quanto a entrevista tá demorando em média um mês e meio pra você receber a data dela. Eu sei que é dificil mas tenta relaxar que agora é a parte mais rápida ou menos demorada...rs...eu também queria muito embarcar em dezembro mas com essa demora toda e nada do meu noa2 sair, não sei como vai ser, enfim quem sabe não dá pra gente ir junto né?!...rs ..Eu vou pra NY e você? E olha você é de São Luis que legal, sempre fui doida pra conhecer o Maranhão, quem sabe um dia...olha qualquer ajuda que precisar só avisar tá bom?! Nâo que eu seja especialista em alguma coisa, mas a união faz a força...ou o açucar..rsrs...Eu vi que você enviou em maio eu também quem sabe meu noa2 não tá vindo por ai, seria legal se nossa entrevista fosse no mesmo dia né?!Ah...muito fofa a história de vocês...
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Oi Monique, é mesmo, esqueci esse detalhe, mas no caso não tinhamos os últimos dois anos, mais agora temos =), a nossa solução foi a mais barata pelo visto e a média do nosso tipo de visto e processo tá em 5 meses para quem já se casou, estamos dentro do prazo! estás convidadíssima para vir ao Maranhão! também pensei que podíamos ser entrevistadas no mesmo dia :) seria ótimo ter alguém com quem me perder no Rio ahahah

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Esqueci de Mencionar que vou para Phoenix AZ

    ResponderExcluir
  5. Mas olha se perder você não vai, eu moro no RJ e conheço bem...rsrs...sou ótima guia...rsrs. O meu ainda tá no prazo, mas tenho uma esperança em meu coração que nos próximos dias saia o noa2, não sei da onde tirei isso, mas to com essa idéia no coração e na mente...rs. Bem poxa vida Arizona é la do outro lado, tão longe, mas tem net e outros meios de manter contato. Se precisar de alguma ajuda pra saber onde ficar por aqui, em relação a hotel próximo do consulado me avisa que vejo pra você.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Que felizz isso é muito bom =) também estou com este sentimento que receberei meu noa2 essas semanas também aiaia, seria muito bom contar com a ajuda de alguém que mora na cidade maravilhosa!! tu acredita que vai ser minha primeira vez num avião aahahhaha??

    ResponderExcluir
  7. Olá Poetry, obrigada pela postagem... Espero que me esclareça. Namoro um Americano 9 meses, nuncas no vimos pessoalmente somente através de outras ferramentas de mídia. Em Fevereiro deste ano decidimos a nos casar. Ele quer vir casar no Brasil perto de minha família, eu já pesquisei de todas as formas e não obtive uma noção melhor. A pergunta é: qual o visto que vai facilitar para mim ir com ele para os Estado Unidos após o casamento? se existe. Ou qual é fácil rápido. Eu não posso esperar por esse processo nos Estados Unidos? Tem algum visto que dá essa possibilidade. Outra questão, eu tenho uma filha de 15 anos, ela entra em que tipo de visto? ELE tem que se casar comigo e em seguida retornar só para os Estados Unidos, e fazer esse pedido de visto por lá? Não tem como fazer por aqui e irmos juntos? ou irmos juntos e fazer por lá. hahahaha' No aguardo de uma resposta, desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  8. Todos os vistos para ir aos Estados Unidos têm que dar entrada pelo noivo nos Estados Unidos. Todos os vistos demoram, tanto o visto de esposa quanto o de noiva, o visto de esposa é o CR-1/IR-1 e o de noiva é o K1, também tem o de esposa K3, porém acho melhor o CR-1 pois você casa no Brasil e quando chega nos EUA não tem mais burocracia e recebe logo o green card provisório sem ter que fazer a mudança de status que tem no K-1 e no K-3.
    Ness página você pode ver os tipos de vistos que existem, para sua filha ele tem que preencher também uma petição ou formulário I-130.
    brazil.usembassy.gov/application-requirements.html

    ResponderExcluir
  9. Poetry olá como vai me reconheci muito com a sua história pois estou com os mesmos problemas a respeito das documentações que meu noivo precisa trazer, por favor será que você poderia me dar uma luz a respeito disso? Meu noivo gostaria de saber exatamente pra podermos nos casar o mais rápido possível...por favor se você ver minha mensagem me responda o mais rápido possível...meu email é :
    adrianap.ss@hotmail.com

    ResponderExcluir
  10. Olá boa tarde, gostaria de saber quanto tempo demora para receber o visto k3, meu namorado é naturalizado americano e vamos nos casar aqui no Brasil. Vamos completar 1 ano de namoro em dezembro, e ele virá em novembro conhecer minha familia e casaremos aqui no Brasil. Tenho um filho de 5 anos, o visto K3 dará direito ao meu filho entrar nos EUA comigo após meu casamento. Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos os vistos demoram de seis meses a um ano para sairem, depende da demanda de pessoas que deram a entrada em vistos de imigração, se não me engano ele vai ter que preencher um petição pro seu filho sim, juntamente com a sua, ele tem que preencher um formulário I-130 pra vc e pro seu filho.

      Excluir
  11. Meu namorado é mexicano naturalizado americano, gostaria de saber se teremos dificuldades em dar entrada no visto K3, pois nos casaremos aqui no Brasil, e meu filho de 5 anos poderá entrar junto comigo após me casar aqui? Meu email é elisabht81@gmail.com. Obrigada.

    ResponderExcluir
  12. Oi Poetry! Tudo bem? Já faz bastante tempo dessa postagem, mas ainda assim gostaria de perguntar pra você algumas coisas. Você e seu marido se casaram aqui no Brasil e imediatamente após ele retornou aos EUA? Ou vocês chegaram a morar juntos aqui no Brasil por um tempo? Pediram provas de que o casamento de vocês estava bem estabelecido?
    Pergunto porque estou debatendo com a mesma coisa com relação aos vistos. Sei que o visto CR-1 é o mais barato e que no final das contas, demora menos para receber o Green Card. Então estamos pensando em nos casar aqui no Brasil só no civil e assim ele retorna meio que imeditamente para o EUA e pede o visto para mim. E então só depois de tudo certo, faríamos uma cerimonia religiosa. Mas com isso, não vamos nem ter morado juntos, com nada para estabelecer nosso relacionamento de casados (e não mais de namorados). Você acha que isso será um problema para o visto de CR-1 ser aceito?
    Meu email é natashamafra@gmail.com.
    Ficaria muito grata com sua resposta! :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somente pediram provas que tinhamos um relacionamento, eu enviei as evidências do namoro mesmo, nossas fotos, cartas e por fim a certidão de casamento. Depois do casamento meu marido veio logo embora pra cá, tive que mandar nossa certidão pra ele por correio e deu tudo certo. Não precisa morar junto, não se preocupe.

      Excluir
  13. Olá Poetry, estou com dúvidas. Meu marido é norte americano, mas casamos no México, quando nos encontramos. Depois voltamos pro nosso pais, moro aqui no Brasil e ele en Eua.vamos iniciar o processo e estamos com receio e preocupados que isso tenha complicado. O que você acha?
    Meu email é francimaraandrade@gmail.com.
    Agradeceria se me respondesse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nao vai ser complicado, vcs tem apenas que apresentar a certidao de casamento, o processo eh bem demorado mas eh bom ir fazendo com calma e ter sempre um check list que ajuda muito. Ele tem que comprovar que pode te sustentar e se ele pode entao esta tudo bem.

      Excluir
  14. Quais os documentos seu marido precisou trazer para VCs casarem no Brasil ? Vou me casar com um americano aqui no Brasil, e estamos em dúvida da documentação, mesmo procurando o cartório, fico com medo de que falte algo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem um post com tudo o que precisei aqui:
      http://umajornadadificil.blogspot.com/2011/09/papeis-para-o-casamento-estrangeiro-no.html

      Excluir
  15. Olá Poetry tudo bem? Sou americana, mas sempre morei no Brasil. Agora quero voltar para os EUA junto com o meu namorado. E queremos nos casar. Pela sua experiência, sei que casar no Brasil não é um problema. Agora a respeito do sponsor, o seu marido foi o seu sponsor? Ou vocês precisaram de um co-sponsor. Eu nunca declarei Imposto de Renda nos EUA, penso que isso possa ser um problema. Eu achava que o visto CR1/IR1 era o mesmo do k3, mas são diferentes né?Adorei sua história!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kimberly, vc vai precisar de um co-sponsor se sua renda anual for baixa e se vc nao tiver um emprego, mas se tiver emprego pode apresentar os W2's que nao tem problema e com um co-sponsor ajuda mais ainda.

      Excluir
    2. Sim, o K3 e temporario para pessoas casadas, e como se fosse o K1 para os noivos, eu acho melhor aplicar para o CR1 que quando chega aqui depois de um mes ja recebe o green card e ao meu ver e mais barato.

      Excluir
  16. Olá e boa noite.
    Parece um pouco repetitivo, mas me identifiquei com o testemunho de Poetry. Em síntese, eu estava querendo aprender inglês, por isso entrei em aplicativo que possibilitava o intercâmbio sem sair de casa, você ensina o seu idioma e aprendia outro idioma. Pelo aplicativo supracitado travar muito, nós migramos para o whatsapp. O convívio diário e a compatibilidade de perfis resultou no namoro e a recentemente no possível casamento. Ele está vindo para o Brasil em novembro e hoje temos 4 meses de relacionamento.
    A dúvida em questão é: Entre o visto de noiva [K-1] e o visto de esposa [CR-1/IR-1], qual é o mais rápido, seguro e econômico de ser emitido? Casar no Estados Unidos ou no Brasil? Qual você indicaria? Como podemos solicitar e dar entrada nesse processo? Semelhante ao visto de noiva, o visto de esposa é emitido no Rio de Janeiro? Desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  17. Todos são seguros e levam tempo, mas é mais barato casar no Brasil e preencher todos os formulários que têm no site da embaixada americana na guia de vistos de imigrantes, quem dá entrada no processo é o esposo americano. Com o visto de esposa vc faz menos processos e recebe o green card 30 dias depois que entra, com o visto de noiva (k-1) vc tem que casar, depois fazer o adjustment of status... o tempo depende da quantidade de vistos solicitados e para qual setor de imigração dentro dos estados unidos será enviado. Todos os imigrantes devem ir ao Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir