segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Continuo esperando

Eu estou ansiosa, quem não fica quando se trata de um processo de visto?? Eles estão com todos os meus documentos e agora está tudo certo... pelo menos foi o que o e-mail me disse, agora é sentar e esperar para saber uma resposta, que é o que mais me assusta.
Eu queria passar as festas de final de ano com meu marido querido, sim eu queria, mas eu sei que essa data de entrevista vai ser marcada só para janeiro, já que outubro já nos disse adeus, digo isso pelo tempo de espera da minha amiga Gigi, que conheci pelos blogs da internet, que foi avisada há uns 40 dias antes da data marcada...
Não creio que eles marquem entrevista para dezembro, pois é um mês bastante complicado, com as festas de fim de ano e tudo mais, se eles fossem marcar uma data seria dia 15/12 ou sei lá, mas minhas chances para novembro acho que já estão esgotadas e agora, só tenho vontade de chorar, pois como não sei de nada, nem sei como me programar, não posso ter nenhum compromisso, por simplesmente, não saber a data da entrevista e agora mais do que nunca, nem viajar posso e como sempre, essas ofertas só me aparecem quando eu não posso...
Agora mais uma vez sou Rapunzel presa no alto de uma torre... ou a carta do enforcado no tarô, ou o quê cada um preferir.
O pior é todo mundo querendo saber respostas de coisas que você ainda não sabe, tipo "quando tu vai pro Rio?" E por isso, também não pode confirmar participações de festa, tipo em Dezembro, por que você ainda não sabe uma data...E fora os seus amigos que toda hora falam, "não sei se você ainda vai estar aqui", ou "você vai nos abandonar" e já estão tristes, tem hora que eu me arrependo de ter aberto a minha vida, a minha forma de pensar para as pessoas. Portanto, acho que eu vou ficar muda e calada e isolada em casa.
Mas com toda certeza esperando uma resposta no meu e-mail. E como diz o meu marido sobre as repostas que recebe da NVC: "se apresse em esperar".

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Novo período de espera

Enviei todos os meus documentos pelo Fedex e me custou R$ 129,00, pelo menos eu sei que eles já chegaram aos EUA, pois os enviei segunda-feira, porém meu marido não estava em casa para recebê-los o que me deixou um pouco triste, porém ele não poderia fazer muita coisa, já que a NVC mandou uma carta checklist do AOS que preenchemos, agora ele está esperando os novos documentos que serão enviados pelo pai dele e assim ele poderá enviar novamente para o NVC, anyway, essa espera crucifica qualquer um.
Tenho tido bastante tempo livre, o que significa bastante tempo sem fazer nada... Não consigo me mover enquanto essa minha vida não se decidir de vez, não sei quando será minha entrevista, não sei nem se isso dará certo, o meu sonho de visitá-lo ainda este ano está por um fio, queria muito conhecer minha família do lado de lá e passar o Natal e o Ano Novo com eles, mas não posso, essas pessoas terão que continuar numa espera que parece que não tem fim, enquanto isso devo continuar invisível para eles, como alguém que não existe, alguém que é apenas uma tela de computador.
Fazer muitas coisas ao mesmo tempo acaba com qualquer um, mas estou sem ânimo, pois ao mesmo tempo a finalização desse processo significa deixar minha família e tudo o que eu conheço, todo mundo diz que sou corajosa e tal, mas isso não significa que às vezes eu tenha as minhas dúvidas sobre as coisas que eu irei encontrar, já que afinal isso que estou vivendo não é um conto de fadas e sim a realidade, as pessoas não são como nos livros, elas podem reagir de milhões de formas diferentes....
Talvez eu esteja fazendo muito drama por nada, antecipando um futuro que ainda não está aqui, eu quero tanta coisa e agora, nesse momento, não sei se eu quero, é confuso eu sei, eu não sou a pessoa mais decidida e perfeita que existe, sou apenas eu, aquela bobona de sempre do interior, indo agora enfrentar um mundo maior e aterrorizador de possibilidades que eu jamais pensei que pudessem existir...